Tuesday, July 14, 2009

Curtas, mas até bastante satisfatórias, lá diz o Riquito Iglésias.

(Se bem que a loirita não comente o assunto... Et bien!)

Pronto, era para informar que, devido à facilidade com que proliferam agora blogs e petições, acabei por abrir uma petição que - parece-me - fazia falta.

Atentem:

http://www.ipetitions.com/petition/judas_no_benfica/

(desculpem lá a algarviada, mas aquela cena não assume acentos nem cedilhas, e agora nem me deixa alterar. Acho que a próxima petição é para queimar os pelinhos do traseiro dos americanos.)



Além disso, tenho a informar a chegada de mais um elemento a esta humilde casa. Há que dizer que ele já cá estava, eu é que ainda não tinha dado por ela.
Explicando: o manjericão estava a ficar com algumas folhas assim meio esquisitas. Pensei "Ah e tal, isto deve ter apanhado um béribéri qualquer, e está-se me para aqui a fraquejar", mas as folhas até estavam viçosas, faltavam era bocados.
Depois é que percebi.
Béribéris não cagam.
As lagartas sim.
O que quer dizer que daqui a bocado tenho de passar por uma sapataria para ir buscar uma caixita toda jóli, arranjar duas folhitas na amoreira do jardim e deixar a porra da lagartita crescer sem me ratar o manjericão!
Daqui a uns tempos temos borboletinha!

4 comments:

Bxana said...

Borboletinha e centenas de ovinhos! Ai no que te foste meter!!!:P

A Gata Christie said...

E ele referia-se a quê? Pilitas, partidas de ténis, músicas...

Menino do mar said...

Mas só tens uma? Sem macho?

marta said...

Esclarecimentos e afins:

Bxana: a borboletinha vai ser despachada para o meu sobrinho, que tenho uma gata que entra em depressão por não conseguir comer uma varejeira, quando mais por não ser autorizada a chegar com os dentes a uma coisita brutalmente colorida!

A Gata: de acordo com o próprio Riquito, a sua pilinha não é, de facto, muito abonada, mas o próprio afiança também que consegue dar bem conta do recado. Talvez com um valente sonífero, não sei.

Menino: Depois de quase duas semanas com a planta no parapeito é que descubro a borboleta. Não sou muito perspicaz... Vai-se a ver, tenho uma família libanesa a viver no manjericão, e ainda não percebi...