Sunday, July 12, 2009

Boys & Girls. 1.

Uma das orientações que, habitualmente, tenho em relação aos meus níveis médios de sanidade é Nunca Respeitar um Gajo que Seja Mais Baixo que Eu.

Não sou capaz, é inevitavel.

JT, filho, tens muito jeito para cozinhar favas, mas ficamos mesmo por aí!

Obviamente, quando uma pessoa pensa que isto até é uma orientação muito razoável e que até nem há motivos para andarmos muito preocupadas, surge uma ou outra assim mais evidente, que decidimos acrescentar ao nosso rol de orientações habitual.

Mais valia era estar calada, pensava.

Foi o que aconteceu.

Pior mesmo do que um rapaz mais baixo que nós, só mesmo sair à noite com um rapaz cujas botas fazem mais barulho do que as nossas.

E as nossas já fazem barulho qb...

(Noutras circunstâncias, é como um rapaz sair com uma rapariga que, afinal tem mais bigode que ele, ou vá, mais pêlos nas pernas, ou pensar que ela tem um bruto par de maminhas e descobrir mais para a frente na noite que aquilo onde ele tinha as mãos era afinal um soutiã com enchimento de silicone, ou que a miúda afinal até era bem jeitosa mas afinal tinha era uma camadona de betume na cara... Mas sério, um gajo que ladrilha mais que nós, não há hipótese...)


PS: Mas Morangoska é booooooooooommmmmmmm...

5 comments:

Bxana said...

Não consigo sair com gajos que sejam mais baixos que eu.

Os meus amigos chamam-me fascista, à conta disto.

Mas não consigo, "prontos"...

marta said...

E eles, conseguem sair com uma baby mais alta que eles?

Touché!

Nota: se eles tiverem mais base na cara do que tu, ou do que a tua tia-avó de 80 anos... foge!

A Gata Christie said...

Eu não queria gajos peludos. Saiu-me um na rifa que nem te conto!

marta said...

Lol!!!

Deve ser porque mereces!

(Ao menos, quando lhe quiseres pregar uma partida, vá, marota e brutalmente dolorosa, sempre lhe podes depilar os mamilos com faixas de cera quente!)

A Gata Christie said...

Ui! Até a mim me doeu!