Thursday, February 19, 2009

Queridos fãs:

A autora deste blog está meio de baixa.

Foi BRUTALMENTE atacada por ambas as felinas que se encontram dentro de portas: ontem à noite, Bani Tsunami, sabe-se lá porquê, naifa-me a bochecha.

Por um lado até a compreendo: é que há gatos que não apreciam ser olhados fixamente de muito perto quando estão a lamber efusivamente as partes baixas.

Vai daí, SCHLAFFFFF!



Mas a odisseia não termina aqui!
Hoje de manhã, encontrei um dentinho de gatinho no chão.
É uma lenda urbana da nossa sociedade. Os gatos perdem dentes, mas nunca ninguém os vê.
O que me passou logo pela cabeça - obviamente!! - foi ver a origem e o estrago da dentadura.
Logo, agarrei na dita felina, Gasosas de sua graça, que tem a característica de personalidade de NÃO gostar mesmo nada de ser agarrada, e muito menos que a agarrem para abrir o gorgomilo todo e espreitar lá para dentro.
Até aqui tudo bem!

Infelizmente, passou um camionista lá em baixo, que resolveu meter uma abaixo a meio da rotunda, fez um opíparo cagaçal, a gata assustou-se e largou a fugir do meu colo a alta velocidade, a bufar e com as unhacas de fora.

Não sem antes me furar a mão direita quase de um lado ao outro, é claro!

A parte positiva da história é que hoje vou fazer um brilharete lá na escola, eu a minha horrenda cicatriz ensanguentada.

Por outro lado, se me convir, também posso fazer olhinhos de cachorrinho e o meu melhor ar de vítima inocente e meio inválida!

(vai ser um dia divertido!)

Já agora, mais um episódio ali nas linhas desorientadas. Já quase se esqueciam, se não estivesse aqui mesmo ao lado!

Estou a esforçar-me por ser mais célere e, ao mesmo tempo, por criar histórias mais curtas. A grande desvantagem das histórias curtas é que quase não têm história. A grande vantagem é que, de facto, se lêm mais depressa.

Uma constatação brilhante!



2 comments:

Safira said...

Não imagino o que poderias querer provar ao observar de perto a toilette íntima de uma fera chamada Tsunami...Tens noção que estavas mesmo a pedi-las, não tens?
LOL
Beijos

marta said...

Precisamente, devo ter mesmo perdido a noção de toda e qualquer coisa!