Thursday, November 15, 2007

E, às vezes, basta uma palavra.

Só uma.
Para inspirar, para destruir, para salvar, para mudar vidas.

Apenas uma.

Mesmo que se conheçam milhares.



1 comment:

Aesis said...

Talvez por tudo isto eu me detenha em silêncio. Silêncio que deveras sente.

Até uma pedra sente. Eu acredito que sente.