Monday, September 17, 2007

E eis agora a Madre Paris Hilton de Las Vegas

“Provavelmente devido à gravidez da sua melhor amiga, Nicole Richie”, é aparentemente a causa mais lógica apresentada como explicação pelos diversos géneros de Imprensa para as parvoeiras que passam pela cabeça de Paris Hilton nos tempos mais recentes.

Depois de ter revelado aos jornais que se sente algo desesperada para ter bebés para lhes dar nomes de gatos (talvez inspirada por Gwyneth Paltrow, que prima por dar nomes idiotas aos seus filhos), e mais desesperada ainda por arranjar uma manta de retalhos, perdão, namorado, Paris fez agora saber à “Ana + Atrevida e com Tendências Sado-Maso, Edição Verão 2007”,em exclusivo, que deseja ardentemente o Mickael Carreira, e que a sua ambição de vida, agora, passou a ser deixar crescer o buço, fazer uma permanente com as pontas queimadas, tornar-se groupie (para ver se tem sorte…), fazer merendeiras com chouriço, e passar as camisas dele e as do pai.
Também tenciona parir um rancho de filhos, mas sempre em clínicas privadas. No entanto, se isso a começar a aborrecer, pondera também a hipótese de contratar uma selvagem rústica qualquer para o fazer por ela.
Fazer de bailarina da picanha nos espectáculos dele, nos diversos arraiais de Verão que correm o nosso país de lés-a-lés é uma possibilidade de futuro que ela encara com júbilo e muito entusiasmo: “vou mudar de fatiota em cada canção, e fartar-me de comer bifanas para ganhar ancas, e de beber coca-cola para ficar com celulite no rabo e nas pernas!”

Ao “Jornal de Economia que Sustenta uma Cabala para nos Deixar Todos Malucos”, Paris divulgou a sua intenção de aproveitar os lucros do hotel que a cadeia vai construir no Algarve e que vai destruir uma parte considerável de área protegida, para salvar uns quantos países de 3º mundo – “para aí uns 40 ou isso”, calculou a benemérita por alto.

Paris ofereceu-se ainda para pagar a um nutricionista certificado para aconselhar uma dieta a Mariah Carey, o mesmo que fez de advogado de Mónica Lewinsky, que é uma pessoa “que é séria no seu trabalho, e que leva ao fim aquilo a que se propõe”.
Um pouco como apropria Lewinsky, bem vistas as coisas.


5 comments:

x-prep said...

Haja alguem a concordar que chamar maça a uma filha é de um mau gosto sem precedentes na história moderna! Quer dizer, na minha aldeia há uma Felisberta... :s Mas o pai dela n escreveu a letra da fix you. Assunto encerrado

Marta said...

Deixa lá... eu conheci uma miniatura de gente com uns agudos do outro mundo e sotaque minhoto que dava pelo nome de Célia Hermengarda...

Bxana said...

Alguém que me compreende!

Eu também acho a Gwyneth uma parvinha ao quadrado.

Pfff...

Miaus!!!

India said...

De quem é que te foste lembrar!!!! Já não lia/ouvia este nome há tanto tempo!!!!
Mas está bem descrita sim senhora!
Fica bem!

Marta said...

Mas desde quando é que tens tempo para isto???

Fica bem, águia!

Que tal vai o teu ninho?