Saturday, December 12, 2009

Facto.

Quando se perdem quase todos os medos, andar de bicicleta torna-se muito mais fácil.
E, definitivamente, mais divertido!
Até levantei o rabo do selim, coisa que nem quando tinha 12 anos tinha coragem de fazer, fiz uma descida de calçada para testar os travões (precisam de afinação...), e subi uma ladeira inclinadíssima de uma só vez, na primeira experiência, depois de ter corrido a cidade toda de bike na mão à procura de um lugar onde encher os pneus (sorte minha, o rapaz da loja não teve problemas em encher os pneus a uma bicicleta ranhosa de supermercado, quando as que ele tem na montra rondam os 1000 euros...), e mais outra metade em cima dela no centro de calçada, com paragem para um café e duas areias no sítio do costume, daí este espevitanço todo!

Digo QUASE todos, porque continuo com um cagaço que me pelo de aranhas pretas e peludas, comprovado quando estava a falar para os esquilos e os camaleões de uma loja de animais que não conhecia, e dou com uma ENORME E PELUDA tarântula a hibernar descansadinha ao sol dentro de um aquário minúsculo!
Brrrrrrr!!!

2 comments:

Mokas said...

será que isso também funciona para os patins?
pelo teu testemunho, acho qeu sim...
creio que sim porque tive a experiência inversa... antes não tinha medo, e agora tenho. Antes não caía e agora mal me aguento em pé =/

marta said...

elá!!! patins? que boa ideia!