Monday, January 08, 2007

Gatos... quem os percebe...

O que acontece à sua relação com o gato lá de casa quando muda de armas e bagagens para outro poiso, nomeadamente a cerca de 70 km da distância?

Anda na m****!

Já não basta o olhar desconfiado dela quando você começa a encaixotar os pertences da habitação comum, e o mimo extra que lhe concede, em virtude de ela não se sentir descompensada!Passar um dia inteiro com uns malucos dentro e fora de casa a acartar móveis e caixotes!
Meter o seu próprio blusão dentro do armário para lhe fazer um ninho e amimalhá-la para ela não se sentir assustada!
Agarrá-la com jeitinho e com palavras mansas e de carinho e enfiá-la à bruta logo a seguir numa caixa que ainda por cima cheira a outro gato!
Uma viagem pelo desconhecido com a duração de cerca de uma hora! “Ao menos tem o David Fonseca a cantar, mas escusavas de cantar tu também; és capaz de já ter percebido que o café é uma coisa que não te deixa bem.”
Largar a bichinha numa casa desconhecida – é certo que se conhece os móveis e o cheiro, mas este tipo de decoração – tudo ao monte... – agride os sentidos!”
E o pior de tudo, mas mesmo muito violenta, é a descoberta das donas dos gritos estridentes na madrugada, lá fora na noite: as gaivotas!! (é que não há disto no Cartaxo...)

Ah, não me falou a noite toda, mas agora já fala!!

2 comments:

maf said...

Coitadinha...
Ainda agora tenho bem fresca a lembrança do seu olhar aflito e de se esconder por detrás dos móveis quando chegou à casa de Peniche...
Ainda por cima a viagem foi feita de noite e ela não conseguio ver bem o percurso...
Mas já deve de estar a ambientar-se...

Anonymous said...

Coitadinhos mas é de nós!!
Aquela pestinha...
L.T.